Alguns diretores de cinema, como o Tim Burton, entram para a história devido a sua lente única e criativa. Afinal de contas, o que mais existem são profissionais do cinema repetindo receitas de sucesso e entregando mais do mesmo.

É preciso ter muita coragem para apresentar ideias novas, que cativam o público. Por esse motivo, Tim Burton merece um texto só dele no nosso site Terror em Pauta.

Então, se você assim como a gente ama a forma como Burton enxerga o mundo e torna as coisas mais sombrias como a morte, leves e divertidas, venha conferir a sua biografia, obras e curiosidades.

Conheça o diretor

Tim Burton

Tim Burton – Reprodução

Nascido no dia 28 de agosto de 1958, Tim Burton se distinguia dos demais desde a infância. Ele era conhecido por ser um jovem peculiar e recluso, fazendo dos livros de terror a sua grande paixão.

Outra obsessão de Burton era e continua sendo as animações. Por esse motivo, ele conseguiu uma bolsa de estudos da Disney, para cursar animação no Instituto das Artes da Califórnia em Valencia, na Califórnia.

Seu curso durou o período de 3 anos e enquanto o jovem estudava, também se dedicava ao trabalho na equipe técnica de produções como O Cão e a Raposa (1981). Além disso, criava as suas próprias produções.

Na época, Tim Burton se inspirou no ator Vincent Price – grande inspiração para a sua carreira – para criar animações marcantes como Vincent, Frankenweenie e sua própria releitura de João e Maria.

Primeiro longa

O primeiro longa-metragem de Burton foi o filme As Grandes Aventuras de Pee-wee (1985). Mas, se você não conhece essa obra, não se preocupe! Pois, o que consagrou o diretor foi a sua mesclagem de terror e comédia em Os Fantasmas Se Divertem (1988).

A partir desse momento, Tim Burton chamou a atenção de Hollywood, sendo convidado para dirigir Batman (1989). Contudo, a sua versão mais sombria do herói não agradou tanto o público.

Logo em seguida, o Burton recuperou a sua marca e boa reputação na indústria do cinema ao produzir seu projeto pessoal: Edward Mãos de Tesoura (1990), que se tornou um grande clássico.

Desde então, fomos presenteados com grandes obras timbortianas, como: O Estranho Mundo de Jack (1993), A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999) e A Noiva Cadáver (2004).

Tim Burton Filmes: Os melhores da sua carreira

A seguir, confira quais são os melhores filmes do diretor, segundo a equipe Terror em Pauta:

Os Fantasmas Se Divertem (1988)

Os Fantasmas se Divertem

Os Fantasmas se Divertem – Reprodução

Os jovens Bárbara e Adam Maitland se mudam para uma casa no interior, a fim de começar a sua vida de casados. Contudo, assim que reformam a casa e deixam tudo a seu gosto, eles sofrem um acidente de carro e acabam falecendo.

Mas, para a surpresa do casal, eles viram fantasmas e passam a assombrar a sua própria casa. De início, eles demoram a se acostumar com a recente situação. Mas, quando estão pegando o jeito, a casa é vendida e uma nova família se muda para o local.

A filha adolescente do casal se chama Lydia e consegue ver os fantasmas. Lydia que não quer morar naquele lugar dá a ideia de eles assustar a sua família para fazê-los irem embora, para que todos fiquem felizes.

Edward Mãos de Tesoura (1990)

Edward Mãos de Tesoura

Edward Mãos de Tesoura – Reprodução

Na trama, acompanhamos Edward, um jovem rapaz que possui tesouras no lugar de mãos. Ele é um jovem bastante peculiar e assustado, que aos poucos consegue entrar para uma sociedade suburbana.

Isso porque, o rapaz demonstra uma expertise para cortes de cabelo criativos e podagem de árvores e plantas. Enquanto Edward oferece benefícios, ele é bem tratado, mas, após um certo incidente, ele tem que se redescobrir e trilhar o seu próprio caminho.

O Estranho Mundo de Jack (1993)

O Estranho Mundo de Jack

O Estranho Mundo de Jack – Reprodução

Jack Skellington, conhecido como o Rei das Abóboras, mora na cidade de Halloweentown e é um jovem completamente apaixonado pelo Dia das Bruxas. Por esse motivo, todos os anos, ele se dedica a criar os melhores halloween de todos.

Contudo, após anos e anos comemorando o Dia das Bruxas, Jack se vê cansado e deixa os limites da cidade para refletir sobre a sua decisão de não querer comemorar a data.

Ele entra na floresta e atravessa um portal que o leva para a Cidade do Natal. Então, o rei das abóboras tem uma brilhante ideia: fazer um natal esplendoroso em Halloweentown.

Para isso, os moradores sequestram o bom velhinho Papai Noel, o que implica em grandes consequências.

A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999)

A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça

A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça – Reprodução

O curioso e peculiar investigador Ichabod Crane é enviado ao vilarejo de Sleepy Hollow, para descobrir o que está acontecendo no local. Pois, muitos corpos começaram a aparecer decapitados.

Ao chegar no vilarejo, ele conhece uma família bastante influente e fica sabendo da existência da lenda de um cavaleiro sem cabeça que vaga durante as noites, decapitando aqueles que cruzam seu caminho.

Aparentemente, todos os moradores acreditam que os assassinatos foram cometidos por essa espécie de entidade maligna. Então, Crane tem que usar os seus métodos investigativos criativos, para encontrar a verdade.

A Noiva Cadáver (2004)

A Noiva Cadáver

A Noiva Cadáver – Reprodução

Nessa animação que entretém, faz a gente rir e refletir sobre a vida, Burton mostra como certas escolhas podem mudar o curso de nossas vidas.

Na trama, acompanhamos a história de Victor, um jovem que faz parte dos novos ricos da sociedade. Contudo, apesar de todo o dinheiro, seus pais ainda não estão satisfeitos e decidem casá-lo com uma moça de família influente – Victoria –, visando entrar para a alta sociedade.

Victor não está certo da decisão dos pais e decepciona a família da noiva no ensaio do casamento arranjado, por não saber fazer os votos corretamente. Sendo assim, ele foge rumo a floresta se sentindo um fracasso.

Sua passagem pela floresta cruza o seu caminho com Emily, uma noiva cadáver à espera de um amor verdadeiro. Logo em seguida, Emily “sequestra” Victor para o mundo dos mortos.

A partir de então, o rapaz precisa assimilar tudo o que está acontecendo e tentar voltar para casa, o mundo dos vivos.

Sombras da noite (2012)

Sombras da Noite

Sombras da Noite – Reprodução

Se aventurando pelo mundo dos vampiros e demais criaturas macabras. Burton nos apresenta a Barnabas, um jovem que chega com a sua família no novo mundo, para criar raízes e um império.

Mas, ao se envolver com uma das empregadas da mansão – que se revela uma bruxa – o herdeiro do império magoa o coração da mulher, que o amaldiçoa a ser uma criatura da noite que toma o sangue dos humanos para sobreviver.

Depois disso, temos um salto temporal para os dias atuais, onde os descendentes de Barnabas tentam viver uma vida glamourosa, mesmo estando completamente falidos. Uma situação que muda com a volta do vampiro para o seu lar.

O que tem de especial nos desenhos Tim Burton?

Burton consegue fazer o que até então, mas nenhum diretor conseguiu: lidar com temas macabros e delicados de forma respeitosa, divertida e leve.

Por exemplo, a sinopse da noiva cadáver é um rapaz que casa com uma morta por acidente e vai parar no mundo dos mortos sem conseguir voltar para casa. Isso soa divertido para você?

Mas, mesmo com uma sinopse dessa, você se depara com uma produção para toda a família, que entrega diversão, reflexão e bastante emoção. Esse é o segredo desse diretor, tornar os elementos macabros em grandes obras mágicas e imersivas.

Referências:

https://www.adorocinema.com/personalidades/personalidade-6494/biografia/

https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Estranho_Mundo_de_Jack

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *