Frases de filmes de terror podem ter impacto significativo na experiência do espectador. Isso porque, se ditas da forma correta e por bons atores, são capazes de nos deixar totalmente arrepiados e alerta.

Você com certeza se lembra de alguma delas, e pode ter repetido algumas vezes por aí, seja revendo o longa ou relembrando com os amigos. Mas será que você conhece todas as pérolas do gênero de horror dos últimos tempos? Caso não se lembre, tudo bem! Separamos uma lista com as mais memoráveis, a seguir!

1. “Aqui está Johnny!”

Aqui está Johnny

Aqui está Johnny – Reprodução

Filme:O Iluminado” (1980)

Dirigido por Stanley Kubrick, o filme segue a família Torrance enquanto enfrenta horrores sobrenaturais em um hotel isolado durante o inverno. Além de angustiante, o longa traz um personagem icônico: Jack Torrance.

Perturbado por fantasmas do seu passado e influenciado pelo hotel Overlook, uma espécie de prédio dos horrores, Jack profere uma das frases de filmes de terror mais lembrada do todos os tempos.

2. “Você gosta de filmes de terror?”

Você gosta de filmes de terror

Você gosta de filmes de terror – Reprodução

Filme: “Pânico” (1996)

Dirigido por Wes Craven, “Pânico” é um slasher que segue um grupo de adolescentes perseguidos por um assassino misterioso. Uma das frases de filmes de terror que mais assombram os fãs do gênero nos anos 2000 foi cunhada pelo vilão, o Ghostface. A partir daí, ela seria dita outras vezes na franquia, tornando-se uma marca registrada.

3. “Eu vejo gente morta.”

Eu vejo gente morta

Eu vejo gente morta – Reprodução

Filme: “O Sexto Sentido” (1999)

Dirigido por M. Night Shyamalan, o filme explora a capacidade de um garoto de ver e interagir com os mortos. Dessa maneira, acompanhamos o personagem principal, Cole Sear, um garoto atormentado pelo seu contato com o sobrenatural, e que tem que lidar com a parte assustadora de sua mediunidade.

4. “Eles estão aqui!”

Eles estão aqui

Eles estão aqui – Reprodução

Filme: “Poltergeist – O Fenômeno” (1982)

A trama de “Poltergeist” gira em torno da família Freeling, que vive em uma casa suburbana construída sobre um antigo cemitério. Quando fenômenos paranormais começam a ocorrer na casa, e a pequena Carol Anne, a filha mais nova, é a primeira a entrar em contato com essas forças sobrenaturais.

A cena em que Carol Anne pronuncia uma das frases de filmes de terror mais famosas da história ocorre quando a família está ciente da presença de atividades paranormais, mas ainda não compreende completamente a extensão do que está acontecendo.

Carol Anne, em sua inocência infantil, percebe a presença dos espíritos de uma maneira que os outros não conseguem. Por isso, sua fala é carregada de mistério e inquietação, servindo como um ponto de virada no filme, indicando que algo sobrenatural e potencialmente perigoso está acontecendo na casa.

5. “Não importa o que você faça, não durma.”

Não importa o que você faça, não durma

Não importa o que você faça, não durma – Reprodução

Filme: “A Hora do Pesadelo” (1984)

Dirigido por Wes Craven, o filme apresenta Freddy Krueger, um assassino que ataca os jovens em seus sonhos, por isso os personagens passam a maior parte do tempo tentando permanecer acordados.

6. “Eu sou sua fã número um.”

Eu sou sua fã número um

Eu sou sua fã número um – Reprodução

Filme: “Louca Obsessão” (1990)

Baseado no livro de Stephen King, o filme narra a história de um escritor sequestrado por sua fã obsessiva. Nesse sentido, a personagem Annie Wilkes pronuncia uma das frases de filmes de terror mais assustadora de todos os tempos, pois ela vem em um momento de vulnerabilidade no qual ela mantém o escritor sob seu domínio.

7. “Todos nós ficamos um pouco loucos às vezes.”

Todos nós ficamos um pouco loucos às vezes

Todos nós ficamos um pouco loucos às vezes – Reprodução

Filme: “Psicose” (1960)

Dirigido por Alfred Hitchcock, o filme segue Marion Crane e os eventos sinistros no Bates Motel. Assim, o personagem Norman Bates se mostra como um homem perturbado que mantém uma relação estranha com a sua mãe.

8. “Está vivo! Está vivo!”

<yoastmark

Filme: “Frankenstein” (1931)

Dirigido por James Whale, o filme adapta a história clássica de Mary Shelley sobre a criação de um ser humano artificial. Desse modo, a famosa frase “Ele está vivo” é pronunciada pelo médico Henry Frankenstein, quando ele percebe que, finalmente, foi capaz de dar vida ao seu monstro, criado a partir dos cadáveres de diferentes homens.

9. “Eles estão chegando para te pegar, Bárbara!”

Eles estão chegando para te pegar, Bárbara!

Eles estão chegando para te pegar, Bárbara!

Filme: “A Noite dos Mortos-Vivos” (1968)

Dirigido por George A. Romero, o filme é um marco no gênero zumbi.

Outra das frases de filmes de terror que entraram para a história, “Eles estão chegando para te pegar, Bárbara!” é dita de uma forma que, inicialmente, parece provocativa. Mas à medida que a história se desenrola, percebemos que há uma ameaça genuína representada pelos mortos-vivos.

A tensão crescente e a sensação de isolamento permeiam todo o filme, tornando-o uma experiência memorável no gênero do horror e estabelecendo George A. Romero como um mestre do cinema de zumbis.

10. “Redrum, redrum.”

Redrum, redrum.

Redrum, redrum. – Reprodução

Filme: “O Iluminado” (1980)

Outro longa de terror dirigido por Stanley Kubrick, o filme segue a família Torrance e suas experiências perturbadoras no Hotel Overlook.

Com uma das frases de filmes de terror mais misteriosas, a princípio, é o filho da família, Danny Torrance, que encontra essas palavras manchadas de sangue em uma das portas do hotel. Mais tarde, descobrimos que a frase está do avesso e que ela significa “Murderer” ou assasinato, em português.

11. “Um excelente dia para um exorcismo.”

Um excelente dia para um exorcismo

Um excelente dia para um exorcismo – Reprodução

Filme:O Exorcista” (1973)

Dirigido por William Friedkin, o filme centra-se em dois padres lutando contra uma entidade demoníaca que está possuindo o corpo de uma pequena garota chamada Regan. Nesse sentido, temos uma das frases de filmes de terror mais emblemática, dita pelo Padre Merrin, que estava prestes a descobrir que o dia não seria tão “excelente” como ele imaginava.

12. “Eu sou seu namorado agora, Nancy.”

Filme: “A Hora do Pesadelo” (1984)

Neste filme de Wes Craven, Freddy Krueger aterroriza os adolescentes de Elm Street em seus sonhos, perseguindo-os até que possa matá-los tanto no mundo onírico quanto na realidade.

Uma das frases de filmes de terror mais emblemática, por ser dita de forma sarcástica pelo carismático vilão, Freddy Krueger, “Eu sou seu namorado agora, Nancy” evoca a intenção de Fred de matar a garota assim como seu terrível passado de violência infantil.

13. “Às vezes é melhor estar morto.”

Às vezes é melhor estar morto

Às vezes é melhor estar morto – Reprodução

Filme: “Cemitério Maldito” (1989)

Baseado no livro de Stephen King, o filme aborda as consequências de trazer os mortos de volta à vida por meio de uma perigosa presença sobrenatural.

Ao dizer uma das frases de filmes de terror mais emblemática, Jud Crandall está se referindo ao fato de que as pessoas estão voltando à vida de forma bizarra. Nesse sentido, ela reflete sobre como o processo de perda, mesmo que difícil, precisa ser vivenciado a fim de evitar coisas piores.

14. “Não é a casa que está assombrada. É seu filho.”

Não é a casa que está assombrada. É seu filho.

Não é a casa que está assombrada. É seu filho. – Reprodução

Filme: “Sobrenatural” (2010)

Dirigido por James Wan, o filme segue uma família lidando com atividades paranormais que começam após o filho pequeno ficar acamado por cair da escada no sótão.

Com uma das frases de filmes de terror mais emblemáticas do horror, Elise Rainier alerta a família que não adianta se mudar, pois a assombração está ligada à criança. Portanto, no momento em que ouvimos esse aviso, todos os nossos pelos se arrepiam e percebemos que o terror vai aumentar ainda mais na narrativa.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *