Com um nome bastante peculiar, o livro A Volta do Parafuso conquistou uma grande massa de leitores e é inspiração para várias obras cinematográficas. Por esse motivo, este texto é dedicado especialmente para esse exemplar de terror. Conheça o livro!

Resumo do livro A Volta do Parafuso

Na história, acompanhamos a chegada de uma nova governanta, que vai morar em uma mansão no interior de Londres, para tomar conta de duas crianças. A história se passa nessa casa e narra os dias da governanta em seu novo lar.

Com o passar do tempo, ela nota que há algo de errado com as crianças e percebe que a casa é frequentada por fantasmas. Primeiramente, ela teme pelos pequenos anjinhos que toma conta.

Mas, a trama se complica cada vez mais e a governante passa a acreditar que além de saber da existência de fantasmas no local, as crianças também convivem abertamente com eles.

Crítica da obra

Começando pelo fato de a história do livro ser narrada em primeira pessoa, por um narrador que não passa muita credibilidade, fica difícil dizer ao certo o que está realmente acontecendo.

Além disso, essa é uma obra clássica e bastante antiga. Ou seja, mesmo com algumas adaptações, ainda consegue ser uma leitura difícil, devido a linguagem rebuscada.

Contudo, o livro possui um tamanho confortável, sendo pequeno demais para ser um romance, mas grande demais para ser considerado uma crônica. Mas, se você está esperando apenas o horror e o terror, vai se decepcionar.

Pois, A Volta do Parafusa ultrapassa essa barreira, entrando em temas de diferenças sociais, família, infância e problemas psicológicos. O livro entrega um excelente plot twist, por esse motivo é usado como base para filmes e séries atuais.

Realmente existiam fantasmas na casa? – Final Explicado

A Volta do Parafuso

A Volta do Parafuso – Reprodução

O autor deixa lacunas para que o leitor possa acreditar no que quiser. Isso faz com que nada que aconteça na história possa ser interpretado como uma verdade absoluta ou como uma ilusão do narrador.

Visto que, nenhum acontecimento citado, que comprova a existência dos fantasmas é contado em detalhes, deixando pouco implícito. Nesse sentido, acreditamos que os fantasmas na casa são criações da mente da governanta.

Uma vez que ela parece ser uma mulher passando por questões psicológicas, e essa é uma forma de escapar da realidade. Podemos observar isso no fato dela acreditar que a diferença de tratamento das crianças se dá pelos fantasmas.

Entretanto, nas entrelinhas, entendemos que as crianças são frias com ela devido a diferença social entre patrão e empregada. Assim, a sua mente cria uma desculpa para que ela possa aceitar a situação como é.

Produções cinematográficas inspiradas na história

A seguir, confira algumas produções cinematográficas inspirados no livro A Volta do Parafuso:

A Maldição da Mansão Bly – Série

A Maldição da Mansão Bly

A Maldição da Mansão Bly – Reprodução

Sendo uma série original Netflix, do renomado diretor de terror, Mike Flanagan, A Maldição da Mansão Bly conta a chegada de uma jovem professora, em uma mansão no interior, para cuidar de dois irmãos, Flora e Miles.

A Maldição da Residência Hill – Série

A Maldição da Residência Hill

A Maldição da Residência Hill – Reprodução

Também produzida por Mike Flanagan para a Netflix, A Maldição da Residência Hill, apesar de ser inspirada no livro A Volta do Parafuso, toma um caminho completamente diferente.

Na trama, acompanhamos a mudança de uma família com cinco filhos para uma mansão antiga. Já que o ofício do pai é reformar antigos casarões e depois vendê-los.

Desde o início, as crianças notam que coisas estranhas acontecem na casa e passam a ser assombrados pelos fantasmas do local.

Os Outros – Filme

Os Outros

Os Outros – Reprodução

Em Os Outros, uma mãe de dois filhos tenta proteger as crianças do mundo fora da residência. Pois, ela alega que eles possuem sensibilidade à luz, poeira, etc.

A história se passa durante a segunda guerra mundial, e a mulher aguarda o retorno do seu marido dos campos de batalha, quando acontecimentos estranhos começam a ocorrer no local.

Os órfãos – Filme

Os órfãos

Os órfãos – Reprodução

Em Os Órfãos, uma governanta chega em uma mansão afastada para cuidar de duas crianças peculiares, Flora e Miles. Mas, logo percebe que tem algo de errado com as crianças e com o lugar.

Quando foi escrito A Volta do Parafuso?

O livro foi publicado no ano de 1898 e devido ao seu grande sucesso, ganhou uma sequência: A Outra Volta do Parafuso. Uma curiosidade interessante a respeito dessa obra é que a princípio, não se tratava de um livro.

O texto foi publicado em 4 partes no jornal da época, e somente após essa publicação, veio a se tornar um livro.

O que quer dizer a expressão “a volta do parafuso?”

Quem imaginaria um livro de terror chamado A Volta do Parafuso? Afinal de contas, esse é um título bastante peculiar, independente do gênero da obra.

Acontece que quando percebemos que a história escrita por Henry James ultrapassa as barreiras do sobrenatural, abordando questões psicológicas, o título não fica tão esquisito e passa a até combinar com a obra.

Uma vez que em inglês, a expressão “a volta do parafuso” representa um grau de pressão ou crueldade empregadas numa situação já difícil de suportar.

Quantas páginas tem o livro?

A volta do Parafuso é um livro que conta com apenas 182 páginas. Contudo, como já mencionado, ele foi publicado no ano de 1898 e possui uma linguagem rebuscada, sendo uma leitura difícil.

Gostou deste texto? Então conheça o livro Os Segredos da Mansão Foster!

Referências:

Olhar Digital

Amazon

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *