No filme Invocação do Mal, Ed Warren é apresentado como um demonologista. Apesar de parecer ser uma profissão inventada para um filme de terror, realmente existem os demonologistas no mundo real. 

Visto que o longa Invocação do Mal é inspirado na vida de Ed e Lorraine Warren, que ficaram conhecidos como grandes ocultistas, por resolver casos sobrenaturais em todo o mundo.

O Verdadeiro Ed era um demonologista e se apresentava como tal nas suas palestras em faculdades, participações em programas de TVs e rádios, além dos seus livros sobre os casos em que ele e a esposa trabalhavam.

Se você chegou até aqui por causa do filme Invocação do mal, ou por causa do casal Warren da vida real, veja o que é Demonologia e entenda o ofício desse personagem tão famoso dentro e fora das telonas.

O que é Demonologia?

A Demonologia é uma área de estudos cujo objetivo é entender as crenças em torno dos demônios e como funciona a hierarquia entre eles. Como esses assuntos são de cunho religioso, ela é vista como uma vertente esotérica de estudos no ramo da Teologia.

Pois, existem diferentes crenças espalhadas pelo mundo, sendo que muitas pessoas nem acreditam na existência desses seres sobrenaturais.

Como funciona a Demonologia?

No curso de Demonologia, o aluno aprende sobre os demônios e como eles são vistos por meio de cada religião existente. Também é ensinado a hierarquia desses seres do inferno.

Por exemplo, essas criaturas podem ser divididas em subcategorias: não humanas, espíritos desencarnados que nunca habitaram um corpo ou almas separáveis. 

Algumas vertentes religiosas que realizam rituais de exorcismos acreditam que somente conhecendo o demônio que está atormentando uma pessoa, é possível vencê-lo.

A pessoa formada em Demonologia trabalha com o quê?

O que é Demonologia

O que é Demonologia – Reprodução

Até então, não existe uma faculdade para quem deseja cursar Demonologia, somente cursos de especialização oferecidos por algumas instituições de ensino.

Para as pessoas já formadas em Teologia, que se interessam pelo assunto, essa pode ser uma excelente especialização. Agora que você já sabe o que é Demonologia, chegou a gora de saber com o que pessoas dessa área trabalham.

Nesse contexto, os profissionais podem dar palestras sobre o assunto, escrever livros sobre o tema, ou oferecer serviços investigativos em casos sobrenaturais.

Lembrando que somente padres autorizados têm a permissão de realizar exorcismos. Sendo assim, caso você identifique uma possessão, é necessário entrar em contato com a igreja e solicitar a intervenção de um padre.

É preciso ser religioso para se tornar um demonologista?

Não, assim como não é preciso ser religioso para se tornar um teólogo, ser um demonologista também não requer nenhuma crença específica. Contudo, quando não se acredita em algo, fica difícil levá-lo a sério.

Sendo que, para aqueles que acreditam na existências dos demônios, eles são criaturas muito perversas, que não podem ser provocadas ou desafiadas por qualquer pessoa.

Então, mesmo não sendo religioso, caso decida seguir por esse caminho, tome bastante cuidado com aquilo que não conhece!

Como a Demonologia é vista pelas religiões?

Como mencionado anteriormente, a maioria das religiões mencionam criaturas conhecidas como demônios, em suas escrituras sagradas. Ou seja, elas não rejeitam o fato da existência desses seres sobrenaturais.

Contudo, elas não costumam enxergar a Demonologia com bons olhos, porque sabem que esse é um assunto delicado, que não deveria ser da alçada de qualquer pessoa.

Como me tornar um demonologista?

Você pode iniciar os seus estudos por meio de livros e artigos sobre o assunto. Algumas instituições de ensino também oferecem o curso para os entusiastas. 

Por se tratar de um campo mais esotérico, qualquer pessoa pode se autodenominar um demonologista, basta ter o conhecimento necessário para isso.

Salientando que ser um demonologista não tem relação alguma com ser de culto e adorar essas entidades malignas. Geralmente, o objetivo do demonologista é entender melhor sobre esses seres, para catalogá-los.

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *