Pelo meu título, você já deve ter imaginado que gostei de Jogos Mortais X. O filme foi uma grata surpresa, já que fui ao cinema sem muitas expectativas e encontrei uma boa história, armadilhas que me deixaram grudado na cadeira e uma excelente construção do personagem principal.

Mas é claro que nem tudo é perfeito. Este novo Jogos Mortais têm as suas falhas, embora, na minha opinião, não seja nada que tire o brilho do filme.

Se você está na dúvida se vale ou não a pena assistir a mais um capítulo dessa saga que parece não ter fim, continue lendo este texto. Eu vou falar um pouco sobre a trama do filme e expor seus principais pontos positivos e negativos. Acompanhe!

Qual a história de Jogos Mortais X?

Jogos Mortais X se passa entre o primeiro e o segundo capítulo da franquia. Nesse espaço de tempo, Jigsaw está prestes a morrer de um câncer avassalador no cérebro. Mas ele ouve falar sobre uma cura milagrosa, oferecida por um grupo de pessoas que atua na clandestinidade, tentando evitar as represálias da indústria farmacêutica.

Então, o antagonista entra em contato com a responsável por este tratamento experimental e viaja para o México, onde será submetido a uma cirurgia e depois terá que tomar um coquetel milagroso que irá acabar de vez com o câncer.

Jigsaw é então operado, ou foi o que ele pensou. Após realizar todos os procedimentos e fazer o pagamento, John Kramer percebe que caiu em um golpe. Nunca houve tratamento. O que havia, na verdade, era uma organização que dava falsas esperanças a pessoas com doenças gravíssimas e ofereciam uma cura inexistente por 250 mil dólares.

Mas é claro que este grupo criminoso acabou de mexer com o homem errado. Pois, nosso antagonista não vai deixar barato. Com ajuda de sua aprendiz e admiradora, Amanda, Jigsaw vai atrás de cada um dos envolvidos e aí que os Jogos Mortais começam.

Para sobreviver e mostrar seu valor, os golpistas terão que passar por armadilhas sinistras.

5 motivos para assistir Jogos Mortais X

Agora que você já sabe um pouco sobre a história de Jogos Mortais X, vamos aos motivos que me levaram a gostar do filme.

1.  A história é contada pela perspectiva de Jigsaw pela primeira vez

Ao contrário do que acontece nos outros filmes da franquia, aqui somos inseridos na história e acompanhamos o desenrolar dos fatos pela perspectiva do antagonista, o que é algo novo e que traz um certo frescor à série, já que nos permite conhecer melhor a mente por trás de tantos jogos bizarros.

2.  Excelente desenvolvimento do personagem principal

Se você está esperando um filme frenético do início ao fim, vá com calma. Pois dessa vez o personagem principal é cuidadosamente apresentado por pelo menos 40 minutos. Acompanhamos sua forma de lidar com a doença e a busca por tratamento, de tal maneira que não há como não sentir uma certa empatia. Mas o melhor é que mergulhamos nas motivações e na forma distorcida como John Kramer enxerga o mundo.

Quem está acostumado aos outros filmes da franquia, pode ter a impressão de estar assistindo a algum tipo de drama. Mas curta a experiência, pois este arco inicial foi cuidadosamente construído.

3.  Armadilhas excelentes

As armadilhas não são extremamente elaboradas, mas são muito funcionais. Além disso, o fato de que não há mecanismos complexos, nos permite perceber de antemão o que espera os personagens e isso causa uma agonia absurda antes mesmo da armadilha começar a funcionar.

Também é preciso levar em consideração que os desafios propostos são extremamente dolorosos, com os personagens tendo que se mutilar para tentar sobreviver. Além disso, um cronômetro regressivo sempre ajuda a nos deixar mais apreensivos.

4.  Retorno de elementos clássicos da série

Jogos mortais X traz de volta algumas ideias que funcionaram muito bem na franquia, como as regras do jogo sendo entregues por uma gravação com voz sinistra e o boneco Billy fazendo uma entrada triunfal em seu triciclo.

billy-jogos-mortais

billy-jogos-mortais – Reprodução

5.  Excelente direção

Estou longe de ser um especialista na parte mais técnica da coisa, mas é inegável que a direção deste filme tomou ótimas decisões durante toda a sua execução. Desde a apresentação do personagem até a execução das armadilhas, o diretor soube prender a minha atenção.

Destaque novamente para os jogos, pois em diversos momentos nos perguntamos se o personagem vai conseguir sair daquela enrascada e muitas vezes até torcemos por eles, mas é claro que a maioria não vai conseguir escapar.

3 motivos para não assistir Jogos Mortais X

Mas se você está bem desconfiado de Jogos Mortais X e quer alguns motivos para não assistir, veja agora alguns pontos que me desagradaram no filme.

1.  Há uma personagem extremamente exagerada

A médica responsável pelo esquema que enganou Jigsaw e outras pessoas não poderia ser uma pessoa boa e isso logo fica claro. Mas o problema é que a mulher começa a mostrar um nível de maldade que deixa John Kramer no chinelo.

Ela parecia ser só mais uma golpista enquanto estava presa, mas foi só se soltar para que ela começasse a fazer maldades absurdas, transformando-se naquele tipo de vilão caricato que não tem qualquer humanidade.

2.  Jogo final decepcionante

Fiquei o tempo todo esperando que a médica por trás do esquema fosse ser vítima do pior jogo de todos. Mas, na verdade, o dela foi um dos mais fáceis, o que deu a impressão de que o filme regrediu no final.

3.  Jogos Mortais X estava indo tão bem até que…

Seja pela armadilha final, pelo plot twist ou pela ação de alguns personagens, a impressão que fiquei é que nos 20 minutos finais Jogos Mortais X se transformou apenas em outro filme genérico da franquia.

Isso não chegou a estragar a minha experiência, mas é inevitável a sensação de que o filme poderia ter sido muito melhor, mas no final os realizadores não souberam o que fazer ou tiveram medo de se desprenderam das raízes da saga. Uma pena.

Você está ansioso para assistir a esse filme ou acha que a franquia já devia ter acabado? Seja qual for a sua opinião, continue mergulhado no universo do terror e leia nossa lista de curiosidades sobre O Exorcista.

Categories:

One response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *