Com o humorista Paulinho Serra, já conhecido do grande público, o filme de terror brasileiro traz uma atmosfera agoniante, marcado pelo Body Horror (horror corporal) e pelas ligações afetivas contrastantes entre um pai ausente e um filho traumatizado.

O longa foi dirigido pelo premiado Léo Miguel, que trabalhou em obras anteriores como Âmago e Retorno, dois curtas que mostraram muita versatilidade e foram aplaudidos pela audiência. Além disso, conta com produção executiva do YouTuber Lucas Maia, do Canal Refúgio Cult, no qual o criador de conteúdo analisa filmes e séries, sempre de forma imparcial e crítica.

Por contar com profissionais já conhecidos, alguns deles com milhares de seguidores nas redes sociais, espera-se que o projeto seja audacioso, cheio de significados e com uma boa história para contar. Saiba mais a respeito da proposta que envolve horror cósmico, um gênero pouco visto em terras tupiniquins, a seguir!

História por trás do filme de terror Amado Pai

O filme “Amado Pai” é o primeiro longa-metragem de ficção dirigido por Leo Miguel. A história gira em torno de Samuel (interpretado por Paulinho Serra), que, após ser abandonado pelo pai quando sua mãe morre, é obrigado a retornar e cuidar do pai quando este se encontra em um estado de vazio, seja físico ou mental.

Ao retornar para o interior, Samuel irá confrontar os traumas de sua infância, onde sua mãe faleceu em circunstâncias traumáticas, e seu pai o deixou para viver com outra mulher. Desse modo, o filme explora o ódio guardado por Samuel, que não pode ser expresso, dado o estado debilitado de seu pai.

Enquanto cuida do pai, Samuel lembra de antigas amizades e inicia um romance com a enteada de seu pai, Marcela, ao mesmo tempo em que percebe eventos estranhos acontecendo ao seu redor.

O que é horror cósmico, subgênero que será explorado em Amado pai?

O que é horror cósmico, subgênero que será explorado em Amado pai

O que é horror cósmico, subgênero que será explorado em Amado pai – Reprodução

O horror cósmico é um subgênero do horror que se caracteriza por enfatizar o terror gerado pela incompreensibilidade e vastidão do universo, muitas vezes envolvendo elementos de ficção científica.

Esse tipo de horror destaca a insignificância da humanidade no cosmos e a ideia de que há forças ou entidades além da compreensão humana que podem ser ameaçadoras. Nesse sentido, as principais características do horror cósmico são:

  • Incompreensibilidade: esse tipo de filme de terror traz elementos além da compreensão humana, muitas vezes desafiando as leis naturais conhecidas;
  • Vastidão do Universo: o enredo frequentemente explora a vastidão do cosmos, destacando o quão pequena e insignificante a humanidade é em relação ao universo;
  • Entidades Sobrenaturais ou Alienígenas: pode conter a presença de entidades ou seres sobrenaturais, muitas vezes de origem alienígena, que estão além da compreensão humana e que podem representar uma ameaça existencial;
  • Locais Desconhecidos: apresenta configurações que são estranhas, alienígenas ou de difícil compreensão, adicionando um elemento de mistério e desconforto;
  • Desespero Existencial: o filme de terror cósmico muitas vezes provoca um sentimento de desespero existencial, onde a insignificância da humanidade é confrontada de maneira perturbadora.
  • Inspiração Lovecraftiana: por fim, muitas obras de horror cósmico são inspiradas pelo trabalho do escritor H.P. Lovecraft, que é considerado um mestre nesse subgênero. Suas histórias frequentemente apresentam deuses antigos, seres cósmicos e conhecimento proibido.

Um pouco sobre o diretor do filme de terror Amado Pai

Fundador e líder da “Das Ruas Produções”, Leo Miguel tem sido uma força inovadora no mercado audiovisual por sete anos. Dessa maneira, sua produtora ganhou destaque por seus curtas-metragens e videoclipes, e agora, Leo dá mais um passo firme no universo cinematográfico de horror brasileiro com “Amado Pai”.

O cinema independente sempre enfrentou obstáculos, desde produção até distribuição, e Leo Miguel não é alheio a essas dificuldades. Isso porque Amado Pai foi muito afetado pela pandemia, mas, mesmo diante desses desafios, ele continuou a buscar a excelência na sétima arte.

No papel de diretor e roteirista de “Amado Pai”, Léo Miguel não apenas lidera a narrativa, mas também comanda a Das Ruas Produções, demonstrando um comprometimento de longa data com a indústria audiovisual brasileira.

É nessa busca, e com sua experiência em produções audiovisuais, que o diretor explora o horror cósmico, um gênero pouco explorado em terras brasileiras, mergulhando nas complexidades do inexplicável e do desconhecido.

5 motivos para ir Assistir Amado Pai nos cinemas

A expectativa é que, já no ano que vem (2024), Amado Pai seja distribuído nos cinemas nacionais. Por isso, pensamos em alguns dos principais motivos pelos quais você não pode deixar de conferir esta obra. Confira:

1. Amado Pai é um filme de terror brasileiro feito com muito cuidado

Com parte da verba arrecadada por meio de financiamento coletivo, o projeto é de baixo orçamento, mas não deixa de lado a qualidade e o desenvolvimento dos personagens. Por isso, os profissionais envolvidos foram escolhidos com base em sua capacidade de entregar a melhor atuação, maquiagem, roteiro, cenografia e muito mais.

2. O roteiro do filme apresenta uma história interessante

Esse filme de terror elenca uma das cargas emocionais mais próximas da história humana: o abandono paterno. Assim, por mais que a gente brinque sobre “o problema do Twitter com a paternidade”, a verdade é que grande parte da população brasileira sofre com essa ausência ao longo da vida.

Agora, junte esse sentimento aliado ao sobrenatural em um único filme! Bom, esse enredo, sem sombra de dúvidas, merece uma chance para mostrar o que tem a dizer.

3. Os artistas por trás dos efeitos práticos e maquiagem é dedicada e experiente

Ao levar em consideração o horror corporal, é preciso contar com profissionais capazes de nos fazer remexer na cadeira. Por isso, Hérick João e Karina Marchi foram as escolhas perfeitas! Com muita experiência e persistência, os dois conseguiram entregar cenas fortes, que já podem ser conferidas no trailer do longa.

4. Ir assistir a esse filme de terror é uma forma de estimular projetos nacionais

É verdade que o cinema nacional como um todo, principalmente os filmes de terror, não encontra muito apoio, mas isso não pode continuar! Apoiar projetos disruptivos e de qualidade é fundamental para que no futuro o cinema brasileira ganhe obras cada vez melhores.

Então, se você gosta de ver filmes de terror assim como nós, é uma boa pedida ir aos cinemas assistir Amado Pai. Além de dar uma forcinha para os realizadores, você terá a oportunidade de assistir ao filme com a melhor imagem e som possível.

5. Amado Pai tem um dos atores mais queridos pelo público como personagem principal

Você provavelmente conhece o ator e comediante Paulinho Serra, que irá ocupar o papel principal em Amado Pai. Portanto, deve dar uma oportunidade para vê-lo em um personagem um pouco mais dramático, cheio de camadas e personalidade.

Pense só: esse é um projeto independente e com baixo orçamento, por que um ator prestigiado aceitaria participar? Bom, a resposta é fácil: ele acreditou no projeto, quis se desafiar no quesito atuação e gostou do roteiro! Por isso, a chance do filme ser bom é maior ainda.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *