A nova série de horror da Netflix, A Queda da Casa de Usher, vem fazendo bastante sucesso desde o seu lançamento, na última sexta-feira 13. A obra é inspirada nos contos do famoso escritor Edgar Allan Poe, e entrega bastante violência, reflexão e elementos do terror.

Na trama, somos apresentados a curiosa e mística personagem Verna, que apesar de dizer com todas as palavras que não é humana, não fala qual é a sua origem é nem que tipo de ser ela é. Isso desperta a curiosidade de muitas pessoas.

Por esse motivo, criamos este texto que aborda teorias que deduzem que tipo de ser místico a Verna é, e porque ela apareceu justamente para os gêmeos Usher. Acompanhe!

O que é a série A Queda da Casa de Usher?

A Queda da Casa Usher é uma série de horror da Netflix, produzida pelo diretor Mike Flanagan. Ela é inspirada nos contos do escritor Edgar Allan Poe, tendo cada episódio batizado com o nome de um dos contos do autor.

O enredo da série acompanha a história da família Usher, onde o patriarca conversa com um advogado e relata como, e o porquê, cada um dos seus 5 filhos morreram nas últimas 2 semanas.

A série apresenta uma estética de tirar o fôlego e trabalha elementos do terror, como aparições, fantasmas e mortos-vivos, de forma majestosa.

Quem é a Verna? – Alerta de Spoiler

A Queda da Casa Usher

A Queda da Casa Usher – Reprodução

Ao decorrer da série, somos apresentados a personagem Verna. Ela é uma misteriosa e bela mulher, que cruza o caminho de todos os integrantes da família Usher. A princípio, não sabemos bem o que ela representa.

Mas, com o passar dos episódios, vemos que essa personagem, que às vezes se transforma em um corvo, é a responsável pela queda da casa de Usher, até certo ponto.

Após essa descoberta, muitos telespectadores suspeitam que Verna é uma espécie de demônio, ou, até mesmo a morte. O que não faltou foi teorias a respeito dessa personagem cativante e misteriosa.

Portanto, decidimos selecionar as melhores teorias a respeito do assunto, veja a seguir:

Teoria de que a Verna é um demônio

A primeira aparição de Verna para os gêmeos Roderick e Madeline Usher foi no réveillon de 1979 para 1980. Nesta noite, os irmãos decidem matar o seu chefe emparedado e saem em busca de um bar para ter um álibi.

Pouco tempo depois, eles encontram um bar com uma charmosa bartender, Verna. Eles se divertem, dançam com as pessoas no local e Madeline até beija a misteriosa mulher na virada do ano.

Contudo, após todos deixarem o local, restando apenas a bartender e o casal de gêmeos, Verna revela que aquele lugar funciona fora do tempo e faz uma proposta para eles. Praticamente um pacto!

Roderick e Madeline brincam perguntando se ela quer a alma deles em troca, fazendo referência aos pactos realizados por demônios. Mas, a mulher fala que eles terão riquezas e poder em troca das suas linhagens.

Isso faz Verna parecer um demônio do pacto, que troca favores em troca de algo que a pessoa ama muito.

Teoria de que a Verna é a morte

Partindo para a segunda teoria, Verna aparece para os gêmeos Roderick e Madeline na noite em que eles matam o seu chefe. Por esse motivo, algumas pessoas acreditam que a mulher seja a morte, que foi invocada após um ato cruel.

Essa teoria é embasada pelo fato da própria Verna ir pessoalmente pôr um fim na vida dos membros da família Usher.

Teoria de que a Verna é um Morrigan

A Morrigan é uma Deusa da Guerra, na mitologia celta irlandesa. Normalmente, ela é associada à fúria e à violência das batalhas. Entretanto, ela também pode ser relacionada à morte.

O fato das pessoas terem desconfiado de que a Verna é uma Morrigan, é porque essa Deusa tem a habilidade de se tornar qualquer criatura viva. Mas, gosta de se transformar frequentemente em um corvo.

Na trama da série, ao beneficiar Roderick e Madeline por meio de um pacto, Verna concede poder a eles, que durante suas vidas, matam mais pessoas do que mortos resultantes de uma batalha.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *