Nascer e crescer no interior do Brasil é garantia de que algum personagem do folclore brasileiro já te fez passar noites em claro. Afinal de contas, é comum encontrar histórias – que os moradores juram ser verdades – a respeito de encontros com essas criaturas.

O que é o folclore brasileiro?

A definição de folclore é um conjunto de mitos, tradições, lendas e costumes, passados de geração a geração, dentro de uma cultura. Nesse sentido, o folclore brasileiro é a junção de todas as nossas lendas e mitos.

Sendo que, a nossa cultura é muito rica em personagens tradicionais do folclore, que apresentam influências africanas, indígenas e europeias. Entre os principais personagens encontramos o:

  • Saci-Pererê;
  • Mula Sem Cabeça;
  •  Boitatá;
  • Curupira;
  • Lobisomem.

Quais são as criaturas mais assustadoras do folclore brasileiro?

Todos os personagens do nosso folclore são bastante peculiares, únicos e assustadores. Contudo, existem aqueles que têm uma vertente mais macabra. Capaz de colocar medo tanto em crianças quanto em adultos, são eles:

1. Mula Sem Cabeça

Folclore brasileiro

Folclore brasileiro – Reprodução

A lenda da Mula Sem Cabeça possui origem no catolicismo. Uma vez que essa personagem, a princípio, era uma mulher comum, que veio a se tornar um monstro após cometer um ato profano: dormir com um padre.

Ou seja, segundo a lenda, se você decidir ter uma noite de amor com um padre, você será amaldiçoada, se transformando em um animal sem cabeça, que cospe fogo pelas ventas.

2. Lobisomem

Lobisomem

Lobisomem – Reprodução

O Lobisomem é um personagem famoso em muitas culturas. Devido a sua popularidade, ele já ganhou filmes clássicos, séries e livros.

No Brasil, o conto do Lobisomem é mais comum nos interiores, principalmente durante a época da quaresma. Visto que, dependendo da região, a lenda muda algumas características.

Por exemplo, no interior de Minas Gerais, o lobisomem não se transforma por meio da mordida. A condição é passada entre gerações somente para os homens da família.

Durante a quaresma, em noite de lua cheia, esses homens se transformam em uma espécie híbrida de homem com lobo, perdendo a sua consciência humana. Eles se alimentam de animais pequenos e algumas vezes – quando tem a chance – de bebês recém-nascidos.

3. Saci-Pererê

Saci-Pererê

Saci-Pererê – Reprodução

Com origens na cultura africana, o Saci-Pererê é uma entidade que habita as matas perto de vilarejos e pequenas cidades. Ele é caracterizado como um pequeno negrinho zombeteiro, que se equilibra em uma perna só e usa um gorro vermelho.

Nas lendas brasileiras, a sua aparição está sempre associada a redemoinhos de poeira. O Saci aparece para fazer travessuras com os moradores da zona rural e para atormentar os viajantes.

Em algumas regiões, existe a crença de que ao prender o Saci-Pererê dentro de uma garrafa de vidro, ele realiza desejos e concede boa sorte.

Qual é o dia do folclore brasileiro?

O Dia do Folclore Brasileiro é comemorado na data de 22 de agosto. Ele foi definido por meio do Decreto nº 56.747 e assinado em 17 de agosto de 1965 por Humberto Castello Branco, presidente militar.

O objetivo da criação desta data é incentivar estudos a respeito da nossa própria cultura. Além disso, reforçar a importância da preservação do folclore no Brasil.

A palavra folclore apareceu na literatura pela primeira vez no ano de 1846, quando um escritor inglês publicou um artigo sugerindo a criação do termo “folklore”. Essa palavra significa “saber tradicional de um povo”.

Faq

1. Em qual data é comemorado o folclore brasileiro?

O folclore no Brasil é comemorado no dia 22 de agosto.

2. 7 personagens do folclore no Brasil?

Curupira, Saci-Pererê, Mula sem cabeça, Iara ou Mãe d’água, Lobisomem, Boto e o Negrinho do Pastoreio.

3. O que é folclore?

O folclore é o saber tradicional de um povo. Ele reúne lendas, crenças, tradições, mitos e costumes.

Tags:

One response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *